sábado, outubro 30, 2010

FESTA DO DIA DE TODOS-OS-SANTOS



A festa do dia de Todos-os-Santos é celebrada em honra de todos os santos e mártires a 1 de Novembro, seguida do dia dos Fiéis Defuntos, no dia 2 deste mesmo mês.

Esta celebração teve a sua origem no sacrifício massivo de grupos inteiros de cristãos, como no Coliseu de Roma. Com o avançar do tempo, mais homens e mulheres se sucederam com exemplos de santidade e foram com estas honras reconhecidos e divulgados por todo o mundo.

Inicialmente incluíram-se apenas mártires, como São João Batista, mas depressa se alargou o conceito a outros cristãos, considerados heróicos nas suas virtudes, apesar de não terem sido mortos. O sentido de martírio que os cristãos respeitam, alarga-se ao da entrega de toda a vida a Deus e assim a designação de "todos-os-santos" visa celebrar conjuntamente todos os cristãos que estão na glória de Deus, tenham ou não sido canonizados.
Segundo o ensinamento da Igreja, a intenção catequética desta celebração que tem lugar em todo o mundo, é o chamamento de Cristo a cada pessoa, dando-nos a entender que, caminhando à sombra da santidade todos a poderemos alcançar, ainda que vivos.

Em Portugal, neste dia de Todos-os-Santos, crianças juntam-se e saem à rua em pequenos bandos, para pedir o "Pão-de-Deus", de porta em porta. Quando pedem o "Pão-de-Deus", recitam versos e recebem em troca, como oferenda, pão, bolos, romãs e frutos secos, que guardam dentro do seu saco de pão.

Em algumas regiões existe o Santoro, bolo que os padrinhos oferecem aos afilhados, nesta ocasião. Outras povoações chamam a este dia, o "Dia dos Bolinhos". Termino, com o desejo de que  esta  festividade possa, este ano, transmitir a todos forte empenho no prosseguimento difícil  mas não impossível de enfrentar os tempos próximos, que se adivinham problemáticos.


A minha intenção, ao juntar estas imagens em forma de vídeo e de um realismo realmente impressionante, a esta publicação, é de chamar a vossa atenção para o exemplo de Alguém que, sem restrições, cumpriu a sua caminhada até ao fim.


Se mais nada ficar, fica pelo menos o registo deste exemplo, o da maior motivação de todos os tempos...                                                  


2 comentários:

peonia disse...

Obrigada pelo vídeo. Para meditar, tendo presente que na vida nunca estamos sós.

Maria Haydée Nogueira disse...

Essa foi uma das minhas intenções quando publiquei este vídeo...
Obrigada.
Bjs.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...