sábado, dezembro 31, 2011

TRADIÇÕES DE ANO NOVO - Sabe o Que Tem a Fazer?



Ano-novo: 4

À porta de um novo ano, o sentimento geral é de renovação. Fazem-se planos, elaboram-se projetos, recuperam-se desejos antigos que foram sucessivamente adiados. Mantém-se, sobretudo, a eterna esperança de que o ano vindouro seja o concretizar de todos os nossos sonhos.

É por isso que, neste fechar de um velho ciclo, é natural que as pessoas recorram a pequenos rituais e superstições, que variam conforme as culturas, mas que têm todos a mesma finalidade: que o ano que se avizinha seja o melhor possível.

Há quem leve tudo isto a sério, há quem siga estes rituais apenas por mera brincadeira. Seja qual for o grupo em que se insere, quer saber o que pode fazer para ter sucesso no próximo ano?

Para começar, existe uma superstição associada à celebração do ano novo que acabamos por seguir, mesmo sem darmos por isso: fazer muito barulho. A verdade é que ao extrapolarmos ruidosamente a nossa alegria estamos, segundo a tradição, a afastar os maus espíritos e por isso, a começarmos o ano bem longe de todo o mal. Afinal a tradição de agarrar em tachos e panelas para fazer um alarido infernal, tem algum significado! 

Cheia de significado pode estar também a roupa que escolhemos para comemorar o fim do ano. Assim, diz-se que nesta noite especial devemos vestir algo de novo. E se a intenção é ter sorte no amor, temos de estrear uma peça de roupa interior - mais precisamente as cuecas - pois assim deixa-se para trás todos os mal entendidos. Isto é sobretudo eficaz para quem está a iniciar um namoro.

Mas se quiser muito amor, tem ainda outros rituais a cumprir. Vista-se de vermelho, e irá atrair fortes emoções, paixão e sensualidade. E não se esqueça de, à meia noite, cumprimentar em primeiro lugar uma pessoa do sexo oposto. Isso também dá sorte. Já para os recém-casados, existe outra dica: dizem que os lençóis novos, na primeira noite do ano, deixam todas as ameaças à felicidade ao abandono...na máquina de lavar.

Entretanto, se a sua preocupação para o ano 2012 não tem nada a ver com questões amorosas, mas sim com a melhoria da carreira profissional, terá de vestir-se de castanho. O mesmo se aplica no caso de estar desempregado.

Já para resolver os problemas económicos, terá de vestir qualquer peça de roupa amarela e colocar uma nota dentro do sapato. Quando der a meia noite, diz a crendice que deve atirar moedas e notas para o ar que atrairá riqueza para todas as pessoas que nela moram. Se, entretanto sentir alguma comichão na palma da mão direita é sinal que foi bem sucedido, pois o orçamento irá ficar mais recheado. Se sentir o mesmo na mão esquerda...azar. É melhor tentar outra coisa.

Bem mais saboroso é roer sete sementes de romã na noite da passagem de ano, embrulhá-las num guardanapo e guardá-las na carteira. Os brasileiros fazem muito isto. Ou então experimente colocar uma folha de louro na carteira e deixá-la lá no ano inteiro. Em ambos os casos, a tradição diz que é dinheiro garantido...

Ah! E não se esqueça: não passe a passagem do ano com bolsos vazios, porque assim eles vão permanecer tal e qual o resto do ano! Também nada de roupa apertada - para não ter dificuldades económicas. Certifique-se que tem todos os buracos, rasgões ou botões da roupa cosidos, para atrair a boa sorte.

Posto tudo isto, e quando estiver a comer as uvas passas a cada badalada da meia-noite, só me resta desejar  
RecadosAnimados.com

quinta-feira, dezembro 29, 2011

2012 - O ANO DAS PROFECIAS







Nem na viragem do milénio as mensagens apocalípticas proliferaram, tal como na chegada deste novo ano de 2012. E elas surgem-nos não só ao folhear "As Profecias" de Nostradamus, como nas páginas dos jornais matutinos, revistas cor-de-rosa e sobretudo dos diários económicos, como o "Financial Times" e muito outros.

Quanto às previsões para 2012, são unânimes: estamos todos condenados a uma crise profunda, consoante a opinião do jornalista, ao adicionar ao artigo maior ou menor humor ou colorido. A crise dos valores materiais e espirituais ajudaram, e as redes sociais encarregaram-se de dar o empurrão final, com uma rapidez astronómica.

Tudo começou com a profecia da civilização Maia, mas muitas outras surgem, numa grande panóplia, que não poupa a própria NASA. Esta mantém equipas que diariamente esclarecem e acalmam as perguntas assustadas dos cidadãos, apavorados com as erupções solares, possível colisão da Terra com meteoro, inversão dos campos magnéticos terrestres e tantas outras. A versão é sempre a mesma: « É mentira, não se assustem». Mas o receio permanece e, em boa verdade, como popularmente se afirma: «não há fumo sem fogo», dado que toda a teoria tem sempre um fundo de verdade...


Mas será que isto irá acontecer em 2012?:


A Partícula de Deus
Há décadas que os cientistas procuram a origem do Universo, que não conseguem explicar, e procuram provar a existência do Bosão de Higgs, mais conhecido por Partícula de Deus, partícula que terá estado na origem da vida, após o Big Bang. Os cientistas esperam ser bem sucedidos em 2012. Há quem receie que a experiência em curso no CERN na Suíça, crie um buraco negro que acabará por engolir a Terra.


Útero do Universo
De acordo com o calendário da Civilização Maia, no solstício de inverno de 2012 fechar-se-ão dois ciclos do tempo: um de 5.125 anos e outro de 144 mil anos. Nesse dia 21 de dezembro, o Sol alinha-se com o centro da galáxia, o "Útero Cósmico". O que virá depois? O fim dos tempos ou o inicío de uma nova Era?


Explosão do Sol
As erupções solares aumentaram e atingirão o seu auge em 2012, libertando toneladas de partículas electromagnéticas que podem danificar os sistemas energéticos e de comunicações, a nível mundial. Para monitorizar este fenómeno, a NASA criou o Observatório das Dinâmicas Solares, tentando encontrar formas de minimizar os impactos no nosso planeta.




Inversão dos Polos da Terra
2012 é apontado como o ano em que o Polo Sul pode passar a ser Polo Norte. Fala-se de uma guinada magnética que provocaria sismos violentos, provocando o caos na Terra. A inversão é possível: a última ocorreu há 780 mil anos. Mas os cientistas não acreditam que possa dar-se repentinamente. O fenómeno, aliás, encontra-se a ser monitorizado: o Norte magnético está a mover-se entre 10 km e 40 km por ano, e localiza-se a mais de mil quilómetros do Norte "verdadeiro".





Choque com Asteroide
É uma das teorias mais antigas e há grupos religiosos que juram existir referências na Bíblia a "uma bola de fogo" que destruirá o mundo em 2012. Seja em forma de asteroide, de cometa ou planeta, os cientistas da NASA negam que algum corpo celestial esteja em rota de colisão com a Terra. Pelo menos por enquanto...






Não creio que o novo ano de 2012 venha a ser o portador de qualquer uma destas catástrofes. Mesmo que sejam credíveis, o momento do sua concretização será sempre uma incógnita. Porque este não está nos nossos desígníos...










terça-feira, dezembro 27, 2011

IL DIVO EM PORTUGAL - Segundo Show, 29 de Abril de 2012






Com a notícia de que a data de 28 de abril de 2012 em Lisboa, prevista para o próximo concerto dos Il Divo em Portugal, no Pavilhão Atlântico do Parque das Nações já esgotou a lotação de bilhetes, Il Divo anuncia:

"Estamos felizes por anunciar que Il Divo Orquestra irá realizar um segundo show em Portugal em 29 de abril de 2012. Para ver todas as datas atualizadas da próxima turnê mundial, por favor visitem a página ao vivo e fiquem atentos às pré-vendas mais cedo".


Um belo presente de Natal que Il Divo oferece a todas e a todos os "fans" de Portugal!






quarta-feira, dezembro 21, 2011

A CORRIDA AOS ÓCARES 2012 - Nomeações de Portugal






O fado "Já não estar", com letra de Manuela Freitas e música de José Mário Branco, interpretado por Camané no documentário "José & Pilar", de Manuel Gonçalves Mendes, foi pré-selecionado para o Ócar da "Melhor Canção Original", anunciou a Academia que atribui os prémios, a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas dos Estados Unidos.

 Fadista e cantor Camané

"Sinto-me muito contente com esta possibilidade. Até porque é a primeira vez que tal acontece a uma música portuguesa", disse o cantor, que considera ainda que esta " é também uma forma de reconhecer a grande qualidade do filme, da obra e da grande pessoa que é Saramago".

O fado integra o documentário "José & Pilar", que Manuel Gonçalves Mendes fez sobre o escritor português, Nobel da Literatura em 1998, sobre o processo criativo, sobre a relação com a mulher, Pilar del Rio, com os leitores e com o mundo.

A pré-seleção desta canção acontece semanas depois do Fado ter sido considerado Património Imaterial da Humanidade, pela UNESCO.

"Já não estar", surge numa lista de 39 músicas pré-selecionadas, competindo com nomes da música internacional como Sinead O'Connor, Elton John, Ldady Gaga, Robbie Williams, Pink, Mary J. Blinge ou o brasileiro Carlinhos Brown.
Cartaz de "José & Pilar"

Os membros da Academia vão ouvir todas as músicas selecionadas no dia 5 de janeiro e escolher as nomeadas ao Óscar de melhor canção original.

A Academia divulgou ainda a lista das 265 longa-metragens aceites para uma possível nomeação para o Óscar de Melhor Filme, e dela faz parte além do documentário "José & Pilar", o documentário "Mistérios de Lisboa", por cumprirem os requisitos, que passam pela estreia comercial nos Estados Unidos e ter estado pelo menos sete dias consecutivos em cartaz.

A "Viagem do Elefante", o livro em que Saramago narra as aventuras e desventuras de um paquiderme transportado desde a corte de D. João III à do austríaco Arquiduque Maximiliano,  é o ponto de partida para "José & Pilar", o filme de Manuel Gonçalves Mendes que nos retrata a relação entre o casal José Saramago e Pilar del Rio.

Mostra o dia-a-dia do casal em Lanzarote e em Lisboa, na sua casa e em viagens por todo o mundo, numa relação de um casal empenhado em mudar o mundo, ou pelo menos, torná-lo melhor. "José & Pilar" revela um Saramago desconhecido, desfaz ideias feitas e prova que o génio e simplicidade são compatíveis.
Estreou-se em Portugal em 2010 e foi visto por 22 mil espectadores.

Cena de "José & Pilar"

 "Mistérios de Lisboa", do chileno Raúl Ruiz, baseado na obra homónima de Camilo Castelo Branco, foi totalmente filmado em Portugal e contou no elenco com atores como Maria João Bastos, Adriano Luz e Ricardo Pereira. O filme já foi distinguido com o "Prémio de Melhor Filme Estrangeiro", pela Associação de Críticos de Cinema de Toronto.

Mergulha-nos num turbilhão imparável de aventuras e desventuras, coincidências e revelações, sentimentais e paixões violentas, vinganças, amores desgraçados e iligítimos numa atribulada viagem por Portugal, França, Itália e Brasil.

Cena de "Mistérios de Lisboa"

Nesta Lisboa de intrigas e identidades ocultas encontramos uma série de figuras que dominam o destino de Pedro Silva, orfão de um colégio interno: padre Dinis que de aristocrata e libertino se converte em justiceiro, uma condessa roída pelo ciúme e sedenta de vingança, um pirata sanguinário tornado próspero homem de negócios, que atravessam a história do séc. XIX e a procura de identidade do nosso personagem.

Os nomeados aos Óscares de 2012 vão ser conhecidos a 24 de janeiro, numa cerimónia no Samuel Goldwyn Theatre.

A entrega dos Óscares está marcada para o dia 26 de fevereiro de 2012 no Kodak Theatre, em Los Angeles.


FADO "JÁ NÃO ESTAR":

DOCUMENTÁRIO "JOSÉ & PILAR":

DOCUMENTÁRIO "MISTÉRIOS DE LISBOA":

segunda-feira, dezembro 19, 2011

UM CONTO DE NATAL...











Em dezembro de 1843, Charles Dickens escreveu "A Christmas Carol", conto traduzido em quase todas as línguas, e que conhecemos como "Um Cântico de Natal" ou "Um Conto de Natal". Originalmente escrito em menos de um mês, por Dickens, para pagar dívidas, tornou-se num dos maiores clássicos natalícios de todos os tempos.

Charles Dickens - Francis Alexander (1842)

Charles Dickens descreveu-o como o seu " livrinho de Natal " e foi publicado pela primeira vez em 19 de dezembro de 1843, com ilustrações de John Leech. A história tornou-se num rápido sucesso, tendo vendido mais de seis mil cópias  numa só semana.

Após inúmeras adaptações ao cinema, entre elas o cinema animado, recentemente, em 2009, a Disney, no uso das tecnologias mais inovadoras, lançou o filme em 3D. Esta última versão de "A Christmas Carol" intitula-se em português "Os Fantasmas de Scrooge", e é protagonizada por Jim Carrey no principal papel (Scrooge).

Para quem não conhece ou prefere recordar, Scrooge é um homem avarento que não gosta do Natal. Trabalha num escritório em Londres com Bob Cratchit, seu pobre mas feliz empregado, pai de quatro filhos, que dedica um carinho especial pelo pequeno e frágil Tim, que tem problemas nas pernas.

Numa véspera de Natal, Scrooge recebe a visita do seu ex-sócio Jacob Marley, morto naquele mesmo dia havia sete anos. Marley diz-lhe que o seu espírito não pode ter paz, já que não foi bom nem generoso em vida, mas que ele, Scrooge, tem uma chance e por isso três espíritos o visitariam.

Primeira edição de "A Christmas
Carol", 1843.
O primeiro espírito chega, um ser com uma luz que emanava da sua cabeça e um apagador de velas debaixo do braço, à maneira de chapéu. Este é o Espírito dos Natais Passados, que leva Scrooge de volta no tempo, mostra-lhe a sua adolescência e o início da sua vida adulta, quando Scrooge ainda amava o Natal. Triste com as lembranças, Scrooge enfia o chapéu na cabeça do espírito, ocultando a luz. O espírito desaparece, deixando Scrooge de volta ao seu quarto.

O segundo espírito, o do Natal do Presente, é um gigante risonho com uma coroa de azevinho e uma tocha na mão. Mostra a Scrooge as celebrações do presente, incluindo a humilde comemoração natalícia dos Cratchit, onde vê que, apesar de pobre, a família do seu empregado é muito unida e feliz.


A tocha na mão do espírito tem a utilidade de dar um sabor especial à ceia daqueles que fossem "contemplados" com a sua luz. No fim da viagem, o espírito revela sob o seu manto duas crianças de caras terríveis, a Ignorância e a Miséria, e pede que os homens tenham cuidado com elas. Depois disso, vai-se embora.

Cena do filme "A Christmas Carol"
O terceiro espírito, o dos Natais Futuros, apresenta-se como uma figura alta envolta num traje negro que oculta o seu rosto, deixando apenas uma mão aparente. O espírito não diz nada, mas aponta, e mostra a Scrooge a sua morte soltária, sem amigos. 

Após a visita dos três espíritos, Scrooge amanhece como um outro homem. Passa a amar o espírito do Natal, a ser generoso com os que precisavam, e a ajudar o seu empregado Bob Cratchit, tornando-se num segundo pai para o pequeno Tim.





Diz-se que ninguém celebrava o Natal com mais entusiasmo do que ele.









sábado, dezembro 17, 2011

CESÁRIA ÉVORA DEIXOU-NOS HOJE...(1941-2011)







A voz da maior Diva da Morna de Cabo Verde, de todos os tempos, calou-se hoje.
Mas a sua "Sodade" ficará para sempre...





quinta-feira, dezembro 15, 2011

A NOVA BAÍA DE LUANDA - "As Minhas Cidades"





Os milhões estão a mudar Angola. A nova frente da Baía de Luanda estará concluída em julho de 2012. Escrever sobre este megaprojeto que envolve megamilhões, é de certo modo uma realização pessoal, dado os diversos laços que me ligam a Angola. Angola continua a crescer, Angola é um dos destinos mais procurados para o investimento, pelas razões económicas mundiais que todos conhecemos.

Baía de Luanda antes da sua remodelação

Este projeto da nova frente da baía de Luanda, será a nova cara de Angola, envolveu um custo de 200 milhões de dólares e já empregou mais de 600 trabalhadores. O futuro está a acontecer à vista de todos: os prazos estipulados estão a ser rigorosamente cumpridos e, com a alegria de todos, os peixes voltam a saltar nas águas agora despoluídas da nova baía.

Até  final de 2011 a parte mais difícil estará feita: o saneamento e despoluição das águas do oceano, assim como o alargamento da orla marítima, com a nova estrada e a zona de passeio e lazer. A conquista do território ao mar que banha a baía de Luanda e o alargamento da marginal ronda os 60 milhões de dólares (USD), cerca de um quarto do custo total oficial estimado para a obra. O valor, aproximado, do investimento privado feito nas três fases da obra é de 200 milhões de dólares, mas alguns especialistas do sector das obras públicas admitem poder vir e ser superior, dada a dimensão e a qualidade do projeto.
Trabalhadores do projeto da remodelação da Baía de Luanda

A obra procura resolver os reais problemas de estrutura de uma boa parte da cidade e não esconder o que se não quer mostrar. Constitui motivo de grande orgulho para toda a equipa técnica, o facto de a maior parte dos materiais utilizados na obra não se tratarem de materiais importados, mas de origem angolana, quando a economia do país ainda depende muito da importação. Este é um projeto público executado por privados, que tem conseguido cumprir os prazos, sem violentar a cidade nem aumentar o caos do trânsito.

O dono da obra é a Sociedade Baía de Luanda (privada). Em 2005 foi criada a Sociedade Waterfront, e à altura o Conselho de Ministros assumiu os direitos de construção/expansão conseguidos ao oceano. Depois da fase inicial de arranque, estudos e planeamento, o projeto entrou em execução em outubro de 2009, depois de uma injeção de capital e nova equipa técnica. Segundo análise internacional, compara-se às frentes marítimas de Barcelona, Bilbau, Lisboa (Parque das Nações) e cidades asiáticas.

Primeiro Ministro de Portugal Passos Coelho
e Presidente da República de Angola, José Eduardo
dos Santos

A estrutura da obra é dividida por três diretores técnicos: gestão, coordenação da fiscalização da obra marítima e fiscalização da obra terrestre.

Os empreiteiros que executam o projeto são a MotaEngil e Soares da Costa (em terra) e a Dredging e a Draiamar (no oceano). Os estudos urbanísticos estiveram a cargo do atelier de arquitetura angolano Costa Lopes, Arquitectos.


Uma das grandes surpresas é o facto de estar prevista a utilização de uma linha de comboio  que ficará escondida ao longo da nova marginal. Um relvado deverá tapar ou camuflar a futura linha de Metro ligeiro, apontado como alternativa a parte do transporte automóvel, em Luanda.

 A relva e as plantas fazem a diferença na paisagem actual da capital angolana, até agora carente de zonas e espaços verdes.

A frente oceânica ficará embelezada com mais de três mil palmeiras que vieram, na sua maioria, de Miami e também do horto existente na barra do rio Kwanza. Num total, serão plantadas na baía, cerca de 3680 palmeiras e acácias.
Aspecto da nova Luanda

Dentro de um ano, a população utente dos 700 mil metros quadrados do total da área pública de intervenção, deverá sentir-se orgulhosa por ser dona de uma obra que, de certeza, irá mudar a imagem de Luanda.

Nessa altura, o importante será gozar o novo espaço e depressa esquecer todo o trabalho que ficou para trás...Mas pelo menos 600 pessoas que ali trabalharam, terão outras memórias, porque trabalharam árdua e duramente, dando tudo pela construção de uma nova cidade e qualidade de vida.







domingo, dezembro 11, 2011

MANOEL DE OLIVEIRA - 103 Anos de Vida





Aos 102 anos de idade, Manoel de Oliveira dirigiu "O estranho caso de Angélica", apresentado no último Festival de Cannes, e agora, no seu 103.º aniversário já tem um novo filme pronto a estrear, "O Gebo e a Sombra" que espera apresentar no próximo Festival de Cannes. 
Manoel de Oliveira no Festival de Cannes 2010

Ano sim, ano não, Manoel de Oliveira adiciona a realização de mais um filme à sua já longa lista, às vezes duas realizações no mesmo ano.

O primeiro, "O Estranho caso de Angelica", filmado no Brasil, é o resultado de uma coprodução com Leon Cakoff e Renata Oliveira, realizadores do Festival de São Paulo, e conta a história de um jovem fotógrafo que ama o passado e é chamado para fazer o último retrato de uma moça morta na flor da idade.
Cena do filme "O Estranho Caso de Angelica"

O segundo, "O Gebo e a Sombra" de Raul Brandão, foi filmado em Paris e retrata a pobreza e os dramas da vida de pessoas simples, que podem facilmente projetar-se na vida contemporânea. No seu elenco conta com a participação de Michael Lonsdale, Luís Miguel Cintra, Claudia Cardinale e Jeanne Moreau, artistas estes que conjuntamente com Rogério Samora, Miguel Guilherme, Isabel Ruth, Caterine Deneuve, Lima Duarte e outros famosos, constituem o seu grupo favorito de atores. Recentemente adicionou-lhe o seu neto, Ricardo Trepa.

Manoel de Oliveira, de nome completo Manoel Cândido Pinto de Oliveira, nasceu no seio de uma família da alta burguesia e ainda jovem foi para A Guarda,  na Galiza, onde frequentou um colégio de jesuítas. Admite ter sido mau aluno, participou de tertúlias com os amigos José Régio e Agostina Bessa Luís, no Café Diana, da Póvoa do Varzim.
Cena do filme "O Gebo e a Sombra"

Aos vinte anos vai para a escola de atores fundada no Porto por Rino Lupo, cineasta italiano ali radicado e pioneiro do cinema português de ficção. Entretanto adquiriu alguma formação técnica nos estúdios da Kodak, na Alemanha e, mantendo o gosto pela representação participou no segundo filme sonoro português "A Canção de Lisboa".

Só mais tarde, em 1942 se aventurou como realizador e filma Aniki-Bobó, uma adaptação do conto "Os Meninos Milionários". A obra cinematográfica de Manoel de Oliveira, até então interrompida por pausas e projetos não realizados, só a partir da longa metragem "O Passado e o Presente", de 1971, prosseguiria sem sobressaltos, por uns trinta anos, até ao final do século.
1- Cartaz do filme "Aniki-Bobó"
2-Cartaz do filme "A Carta"

Manoel de Oliveira insiste em dizer que só cria filmes pelo gozo de os fazer, independente da reação dos críticos. Apesar das múltiplas condecorações em alguns dos festivais mais prestigiados do mundo, como o Festival de Cannes, Festival de Veneza ou o Festival de Montreal, leva uma vida retirada e longe da ribalta, no seio da sua família composta por sua mulher Maria Isabel Brandão de Meneses de Almeida Carvalhais, com quem casou há cerca de setenta anos e pelos quatro filhos que resultaram deste casamento.

Em 2008 foi condecorado pelo Presidente da República.
  • É professor honorário da Academia de Cinema de Skopje
  • Recebeu em 2008 o Prémio Mundial do Humanismo
  • Em 2008 Manoel de Oliveira recebeu o Doutoramento Honoris Causa pela Universidade do Algarve
  • Em 2009 recebeu nos XIV Globos de Ouro transmitido na SIC no dia 18 de maio de 2009 um prémio de prestígio e homenagem pelo seu trabalho que realizou tendo já 100 anos de idade, sendo dos realizadores mais velhos do mundo
  • Agraciado com a GCSE pelo Presidente de Portugal
  • Em 2011, recebeu o Doutoramento Honoris Causa pela Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro.


Centenário, dotado de uma resistência e saúde física e mental inigualáveis, é o mais velho realizador do mundo em atividade, e ainda com planos futuros...









sábado, dezembro 10, 2011

ECOS DA CIMEIRA...


ECOS DA CIMEIRA...








ÚLTIMA CIMEIRA DA UNIÃO EUROPEIA - ( 8-9 de abril de 2012 )






Os chefes de estado e de governo da União Europeia concluíram nesta sexta-feira a cúpula que marcou o isolamento do Reino Unido - país que se negou a participar de um novo tratado de consolidação da disciplina orçamentária da zona euro. Um acordo a 23 para salvar o euro e o mercado comum. O documento vai chamar-se "União para a Estabilidade Orçamental".
Nicolas Sarkosy, Angela Merkel e José Manuel Durão Barroso

O euro devia unir a Europa. Mas a sua história atribulada tem contribuído para a divisão dos 27 estados membros. Estas divergências, não devemos esquecer, têm sido habilmente aproveitadas em benefício das "enigmáticas"(?) agências de "rating" e de um dólar que, de modo algum, se quer ver relevado face à moeda única europeia. 

Todavia, após a conclusão da cimeira Estados Unidos-União Europeia, o presidente Obama elogiou o trabalho dos europeus para tentar ultrapassar a crise, e disse que, igualmente, os Estados Unidos seguirão o exemplo da política da consolidação das suas contas. Afirmou ainda que os Estados Unidos estarão prontos para fazer assim a sua parte e ajudar na resolução da crise...
Van Rompuy  e Angela Merkel

Todos os países da UE, com exceção da Grã-Bretanha, deverão assinar o pacto fiscal acordado na reunião da cúpula organizada pela Eurozona, para combater a crise que a atinge e prevenir o surgimento de novas.  "Os chefes de Estado e de governo de Bulgária, República Tcheca, Dinamarca, Hungria, Letónia, Lituânia, Polónia, Roménia e Suécia, disseram estar aptos a participar desse processo, após consultarem os respetivos Parlamentos", segundo a declaração revisada divulgada pela secretaria do Conselho, o que deixará totalmente isolada a Grã-Bretanha.

Posição quanto a mim, que não só a poderá fragilizar, como tornar no próximo "alvo a abater" quando as agências de rating se cansarem da Europa.

David Cameron, Primeiro Ministro conservador do Reino Unido, declarou ao considerar a decisão difícil mas positiva:" Sem as garantias, é melhor que  fiquemos de fora".
David Cameron

Esta decisão surgiu após intensa disputa com "Mercozy" - alcunha para a dupla formada pelos líderes das maiores economias da Eurozona, Angela Merkel e Nicolas Sarkozy,que selaram uma aliança para pressionarem o resto da Europa. A Alemanha e a França queriam um novo tratado europeu que, para além de uma reforma fiscal, poderia incluir uma regulação mais dura para os mercados financeiros da Europa. Esta opção poderia trazer prejuízos à poderosa City londrina, que é o principal mercado do continente.
Nicolas Sarkosy e Angela Merkel

Para aceitar um novo tratado, Cameron passou a exigir garantias de que Londres não fosse prejudicada com por exemplo, um imposto sobre transações financeiras. Cameron, queria, entre outras questões, ter poder de veto sobre propostas de regulamentação financeira. A oferta irritou os europeus, principalmente Sarkozy, com quem começou a discutir. Vendo as suas pretensões inviabilizadas por Sarkosy, Cameron optou por se isolar, recusando-se a chancelar o novo acordo fiscal.

ACORDO INTERGOVERNAMENTAL- Merkel e o  presidente francês, Nicolas Sarkosy, pretendiam mudar o Tratado de Lisboa, para que os Estados do euro pudessem ser distinguidos na lei básica do bloco. Contudo, como não houve uma unanimidade, o novo pacto fiscal acordado na reunião de Bruxelas reduziu-se a um acordo intergovernamental.

Medidas mais importantes deste Acordo Intergovernamental Europeu:

  • Empréstimo de 200 biliões de euros ao Fundo Monetário Internacional (FMI), a ser confirmado em dez dias, para garantir que q instituição tenha recursos suficientes para fazer face à crise.
  • Adiantar em um ano, para julho de 2012, a implantação do Mecanismo de Estabilidade Financeira (MEDE) em paralelo à manutenção do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF) até meados de 2013, somando uma capacidade de empréstimo de 500 bilhões de euros.
  • Não se voltará a pedir ao setor privado que compartilhe custos no caso de um calote parcial ou total da dívida, como houve no caso da Grécia, que seria um caso "único e excepcional".
  • O acordo para chegar a um pacto fiscal e governança reforçada para estimular a disciplina orçamentária,  foi aprovado por 26 dos 27 países da União Europeia. Apenas a Grã-Bretanha fica de fora.
  • O pacto prevê um déficit "estrutural anual" nos países firmantes de 0,5% do Produto Interno Bruto. Bruxelas definirá um calendário para chegar a este objetivo. O Tribunal Europeu de Justiça poderá verificar se esta norma fiscal se ajusta aos princípios da Comissão Europeia.
  • Os Estados cujo déficit exceda o teto de 3% do PIB ou de 60% da dívida serão sancionados automaticamente pela Comissão, salvo que uma "maioria qualificada" de Estados membros da Eurozona se oponha, em vez de uma maioria simples.
  • Bruxelas poderá pedir a revisão dos orçamentos nacionais no caso de que estes não se ajustem às regras do pacto fiscal





sexta-feira, dezembro 09, 2011

UMA LIÇÃO DE TANGO...







Sally é uma diretora que escreve um guião para um filme sobre moda, que deverá ser fascinante. Mas sente que lhe falta desejo e inspiração para o fazer.

Por exigências de Hollywood, vem a descobrir no tango a sua fonte de intensa e fascinante inspiração. 

Com Pablo Verón, bailarino de tango já famoso na Europa, estabelece uma relação de amor-ódio, com primazia para o primeiro...




segunda-feira, dezembro 05, 2011

LEONARDO DA VINCI: PINTOR NA CORTE DE MILÃO - National Art Gallery, Londres









Nestas férias de Natal que se avizinham, sugiro, consoante a bolsa de cada um, uma visita a esta fantástica e monumental exposição, inaugurada em 9 de novembro passado: Leonardo da Vinci: Pintor na Corte de Milão, que estará aberta ao público até 5 de fevereiro de 2012.

Foram necessários cinco anos de tentativas e negociações, para, finalmente, a National Art Gallery de Londres, conseguir reunir num só lugar o maior número de obras de Leonardo da Vinci que o mundo já viu. A exposição Leonardo da Vinci: Pintor na Corte de Milão, concentra-se na produção artística do período entre 1482 e 1499, quando Leonardo trabalhava como artista assalariado para o Duque Ludovico Sforza.

1- Retrato de Um Músico; 2- A Virgem e o Menino
São 60 peças, desde quadros famosos como  as duas versões da Virgem dos Rochedos, que serão vistas pela primeira vez lado a lado, graças a um empréstimo do Louvre, até uma coleção de 50 desenhos relacionados às pinturas, totalmente desconhecida até então. 
A Exposição inclui também a obra Salvator Mundi (reproduzida no início da mensagem), uma pintura perdida e identificada numa coleção americana, mistério digno do livro de Dan Brown "O Código da Vinci", que apenas recentemente foi atribuída a Leonardo, sendo a sua autenticidade ainda questionada por alguns.

As duas versões da Virgem dos Rochedos
Listada pela National Art Gallery como um trabalho original de Da Vinci, a pintura foi vendida na Sotheby´s em 1958 por 45 libras, embora na época se acreditasse ser da autoria de um dos alunos de Leonardo Da Vinci. Presentemente, os especialistas avaliam-na em 200 milhões de dólares.

Está igualmente em exibição um trio de retratos que revolucionou o género, entre eles o único que Leonardo fez, de um homem: Retrato de um Músico.
A Belle Ferronière pode ser um retrato da duquesa ou de uma das amantes do Duque de Milão e o mais elogiado dos três, Dama com Arminho, retrata a amante de Ludovico, Cecília Gallerani, conhecida pela sua beleza e inteligência.

1- La Belle Ferronière; 2- Dama com Arminho
Também estão em exibição os desenhos de Leonardo Da Vinci, pertencentes à Rainha Elizabeth II, provavelmente comprados durante o reinado de Charles II, mas só descobertos, por caso, em 1778.
Devido à grande procura, a organizacão da exposição recomenda que os bilhetes, vendidos com hora marcada, sejam adquiridos com a devida antecedência.


A não perder. Exposições como esta, acontecem uma vez na vida...




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...