sexta-feira, dezembro 27, 2013

PELA MANHÃ...Com Fernando Pessoa







A MINHA CAMISA ROTA



A MINHA camisa rota
(Pois não tenho quem me a cosa)
É parte minha na rota
Que vai para qualquer cousa,
Pois o estar rota denota
Que a minha [...]
Para muita coisa de volta.



Mas sei que a camisa é nada,
Que um rasgão não é mal,
E que a camisa rasgada
Não traz a alma enganada,
Em busca do Santo Graal.



FERNANDO PESSOA


(Poesias Inéditas)









2 comentários:

Claudia disse...

Belíssimo poema com certeza! Que 2014 lhe encontre em perfeita paz e saúde e com esperança de que seja um ano maravilhoso! Abraço e até 2014!

M.H. R.M. disse...

Obrigada, Claudia. Igualmente. Um 2014 maravilhoso, também. Abraço de Portugal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...