terça-feira, janeiro 22, 2013

ALDEIAS DE XISTO - O MAIS BEM GUARDADO SEGREDO DE PORTUGAL












O Programa das Aldeias do Xisto foi posto em prática a partir do ano de 2001 pela Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Centro (CCDRC), usando fundos comunitários através do Programa Operacional da Região Centro (Medida II.6, componente FEDER).



A Rede das Aldeias do Xisto é essencialmente um projeto de desenvolvimento sustentável, liderado pela ADXTUR (Agência para o Desenvolvimento Turístico das Aldeias do Xisto), desenvolvido em colaboração entre vários municípios (16) e entidades privadas, visando a promoção turística desta zona, criando riqueza através da oferta de serviços turísticos em conjugação com a preservação da cultura e paisagens, a dinamização das artes e dos ofícios tradicionais, do património e dos produtos locais característicos das aldeias que integram a rede.



Esta Rede de Aldeias do Xisto é um projeto de características exclusivas ligadas ao património cultural, social e arquitetónico patente na região, o que proporciona uma oferta a diversos níveis: hotelaria tradicional, gastronomia, cultura, natureza, atividades radicais, animação, religião, artesanato, entre outras.
Encante-se com estas 26 aldeias tradicionais, escondidas entre serras de vegetação frondosa e as suas casas feitas de xisto, a rocha mais abundante na região. As várias tonalidades desta pedra, também usada nos pavimentos das ruas estreitas e sinuosas, misturam-se de forma perfeita nas cores da paisagem natural. 




Experiências únicas esperam por si neste território preservado. Canoagem no rio, passeios na floresta ou uns momentos de descontração nas praias fluviais de água puríssima são algumas das opções que vai encontrar, para umas férias em contacto com a natureza.

Mas também há monumentos, castelos e museus para visitar e pequenos restaurantes onde pode saborear as delícias da gastronomia regional, confeccionadas segundo receitas que passam de geração em geração.



Nestas aldeias mágicas, o tempo corre devagar e apetece partilhar as histórias, artes e tradições dos seus habitantes. O saber antigo mostra-se no artesanato de linho ou de madeira. Mas das coisas da terra também surgem novos produtos. Com base no imaginário rural criam-se objetos de design inovador, que estão à sua espera na Rede de Lojas das Aldeias do Xisto.

O Candal, no concelho da Lousã, é a única das sete aldeias da Serra da Lousã com acesso pela estrada nacional, o que lhe confere uma configuração diferente da que tinha há cem anos atrás, com casas não construídas em xisto. Pelo seu fácil acesso possui um papel privilegiado no desenvolvimento de actividades lúdicas na serra.



Desenvolve-se no sentido vertical, acompanhando a encosta. Do topo tem-se uma espantosa vista panorâmica da aldeia e sua envolvente.É atravessada pela ribeira do Candal cujo som desperta os sentidos, transformando recantos de xisto em momentos de encontro com a natureza.

Pia do Urso, no concelho da Batalha, é um local carregado de história, que oferece aos visitantes uma paisagem natural verdadeiramente deslumbrante, onde poderá apreciar também o magnífico trabalho de restauro das habitações típicas desta região serrana, em que a pedra e a madeira se constituem como os principais materiais utilizados.


Nesta aldeia recuperada, está também instalado o primeiro Ecoparque Sensorial destinado a invisuais de Portugal. Um conceito inovador, que pretende levar até estes cidadãos a possibilidade da apreensão do meio envolvente que os rodeia utilizando, para o efeito, os restantes sentidos, particularmente o tacto e o olfacto.





Aldeias da rede por concelho

Concelho de Arganil-Benfeita
Concelho de Castelo Branco-Martim Branco-Sarzedas
Concelho de Figueiró dos Vinhos-Casal de São Simão
Concelho de Castanheira de Pêra-Coentral
Concelho da Covilhã-Sobral de São Miguel
Concelho de Fundão-Barroca-Janeiro de Cima
Concelho de Góis-Aigra Nova-Aigra Velha-Comareira-Pena-Aldeia Velha
Concelho da Lousã-Candal
Casal Novo-Cerdeira-Chiqueiro-Talasnal
Concelho de Miranda do Corvo-Gondramaz
Concelho de Oleiros-Álvaro
Concelho da Pampilhosa da Serra-Fajão-Janeiro de Baixo
Concelho de Penela-Ferraria de São João
Concelho de Proença-a-Nova-Figueira
Concelho da Sertã-Pedrógão Pequeno
Concelho de Vila de Rei-Água Formosa
Concelho de Vila Velha de Ródão-Foz do Cobrão





Siga as nossas sugestões e venha conhecer um dos mais bem guardados segredos do Centro de Portugal. 
Ficará agradavelmente surpreendido…











2 comentários:

Claudia disse...

Boa noite Maria Haydeé, que lugares espetaculares!Essa semana aqui em um canal de tv houve um especial sobre algumas cidades de Portugal,fiquei encantada principalmente com a Lisboa monumental, pois sou admiradora da arquitetura mais antiga e fui às lagrimas com a história da fonte de Coimbra, devido a história de amor de D.Pedro I e Inês de Castro. Um abraço aqui do Brasil!

M.H. R.M. disse...

Obrigada pelo comentário tão bonito para o meu querido Portugal, Claudia. De facto, este meu país cada vez nos surpreende mais com o que ainda não conhecemos bem...Lendas e estórias maravilhosas não faltam.Prometo divulgar mais.
Beijo grande de Portugal.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...