domingo, junho 19, 2011

FESTAS DE LISBOA - 13 de Junho, Dia de Santo António



Da mesma forma que os brasileiros aguardam todo o ano pelo Carnaval, os lisboetas esperam pelas Festas da Cidade. Tendo como referência o Dia de Santo António, dia 13 de Junho e feriado municipal, todavia prolongam-se por vários dias.

Marchas de Lisboa

As Marchas Populares são um ícone da cultura popular lisboeta. Representantes do associativismo dos diversos Bairros Lisboetas, desde há 79 anos que existem, primeiro em cada Bairro, depois saíram para a rua e todos os anos desfilam pela Avenida da Liberdade e se exibem no Pavilhão Atlântico, para efeitos de classificação da Marcha vencedora.

Este este ano a Marcha vencedora foi a do Alto do Pina. Parabéns a todos os que contribuíram para esta vitória bairrista.
.

Bairro de Lisboa, engalanado para a noite de Santo
António

Em 2011, as Marchas Populares, num total de vinte e duas, aliam-se à candidatura do Fado a Património da Humanidade. 


Ao longo de quatro noites, as 22 entidades participantes mostram-se à cidade, tendo o evento o ponto alto na noite de Santo António a 12 de junho com o Desfile das Marchas Populares na Avenida da Liberdade.

O outro ícone destas  Festas de Lisboa, tão popular quanto as Marchas Populares, são os Casamentos de Santo António, na Sé de Lisboa, Paços do Concelho e Museu da Cidade
.
Arraial de Santo António, numa aldeia do interior
do país

Os Casamentos de Santo António afirmaram-se ao
longo dos tempos como um dos grandes momentos das festas da nossa cidade e como uma tradição da cidade de Lisboa.


No dia 12 de Junho, véspera de Santo António, santo casamenteiro, o município cumpre uma vez mais a tradição. Vestida de festa, Lisboa volta a celebrar a união de 16 casais que decidem partilhar este momento marcante das suas vidas com a cidade.


Sardinhas assadas em noite de Santo António
Mas as Festas de Lisboa não se ficam por aqui. Durante todo este período festivo, a cidade veste-se de cores, os Arraiais, espalhados pelos bairro típicos e mesmo por todo o país, com as suas bandas, festões, os tradicionais manjericos e onde não falta a deliciosa "sardinha assada no pão" regada com bom vinho, fazem o encanto de todos, nomeadamente dos turistas. 

As ruas, de janelas engalanadas, exibem os " tronos de Santo António", verdadeiras obras de arte. Até nos transportes públicos a animação tem lugar, com a exibição de fadistas, animadores circenses expontâneos e muita música...

Alcachofra florida




Não quero deixar de referir ainda a realização de eventos culturais, e  particularmente uma tradição desta noite de Santo António: as raparigas solteiras devem chamuscar uma alcachofra numa fogueira, de preferência a mesma fogueira que a tradição manda ainda que se salte nesta noite.


Se, passado uns dias a planta voltar a florir, a moça solteira terá o amor e o casamento assegurados. Caso contrário... Terá que esperar que o ano seguinte lhe traga melhor sorte!



LISBOA É LINDA!...




2 comentários:

peonia disse...

Uma bela reportagem sobre o Santo António em Lisboa. Como manda a tradição, a festa é para todos...
Bjs

Maria Haydée Nogueira disse...

Já que a festa é para todos e esta já lá vai, vamos a outra, agora o São João!
Até já, beijos.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...